Despedida

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

- Isso será bom para nós.

O tom suave, mas firme, de sua voz me passava tanta segurança que eu quase acreditava que realmente isso seria bom. Mas não era o que eu queria. Por mim eu passaria meus dias ao seu lado pra sempre, mas agora ele escolhia se afastar, alegando seus vários motivos, sendo que nenhum deles me parecia convincente. Eu imagino que ele realmente ache que isso será bom para nós dois, mas não sei baseado em que ele chegou a esta conclusão. Temo em pensar que ele decidiu ir embora por não querer mais estar perto de mim, pois apenas cogitar essa opção já me magoa profundamente. O que eu sinto por ele é algo que vai alem de tudo que eu imaginei poder sentir, em pouco tempo ele se fez tudo que eu mais quero pra mim, e de repente, essa idéia dele se afastar de mim me fez sangrar por dentro. Ele me olhava nos olhos, esperando por qualquer reação por meio de palavras da minha parte, mas eu não sabia o que lhe dizer. Por dentro eu implorava que ele ficasse, mas eu sabia que meu desespero não iria me ajudar a fazer com que ele fique, por isso me mantive calada.

Sua expressão demonstrava sua frustração com o meu silêncio, e eu permanecia olhando em seus olhos, sem dizer uma palavra sequer.

- Você não diz nada? - ele insistia. - Bem, tenho que ir agora, senão vou acabar perdendo a hora. Tchau.

- Adeus, boa sorte por lá.

Ele beijou meus lábios brevemente e saiu andando, sem olhar para trás. Eu permaneci ali, em pé por mais alguns minutos e voltei para casa. Em meio ao vazio da ida dele, mas embora eu sofresse não conseguia derramar uma única lágrima. Era necessário me recompor de toda a dor e seguir a vida, pois ele com certeza não hesitaria antes de aproveitar a dele...

9 comentários:

Sammyra Santana disse...

Ai Gê... despedidas smepre me fazem muito mal!
E eu sempre choro em despedidas... =(
ai, ai... mas que bom vc ser forte e se recompor pra seguir em frente! Assim mesmo é que se faz!
Beijoo

Beatrix disse...

é horrivel se despedir,mas tme horas que temos que engolir o choro e ser fortes para não deixar nossas vidas sairem pra fora dos trilhos .

Su disse...

Não pense no que ele faria ou deixaria de fazer, mas agora é hora de concentrar-se em vc!

Fernanda disse...

as vezes isso me assusta
as mulheres se entregarem tanto a um relacionamento e os homens...
apenas vivem.
fazemos planos e eles so ´pensam no hoje.
é como dizem...num relacionamento tem sempre um que ama mais.

Sammyra Santana disse...

virei tua seguidora aqui no blog, hahahahaha!
Bjo

Beatrix disse...

ando em uma briga constante com o relogio.Espero poder ter meu tempo de volta..=S

Su disse...

Estou passando pra te desejar uma ótima semana!

bjosss!!!

..::Denny::.. disse...

nossa.... deja vu... hehe
despedidas são tão... frustrantes.
o fim daquelas coisas que pra nós não teriam nunca fim são sempre um soco no estômago.
querida, reabri o blog. nao consegui ficar longe muito tempo haha
beijoo

Patty disse...

As despedidas são sempre muito dolorosas, principalmente para aquele que fica esperando uma volta.

Beijoooo