Frações de mim - A dor do vazio

sábado, 21 de março de 2009

Não tenho forças para me manter de pé,
e não há nada que me ofereça suporte,
me sinto fraca, desprotegida,
e por dentro um enorme vazio
que só faz transparecer meus tormentos.

Não sei nem mais o que quero,
nem onde estou, nem mais o que estou fazendo.
Vou buscando a luz no caminho,
que possa me guiar até algo.

Permaneço no vazio, transparencia,
não enxergo, pois não há o que ver,
estou presa no vazio de mim mesma,
lutando contra tudo embusca de vida.

Cortante vazio, que me desespera.

4 comentários:

Fernanda disse...

esse vazio,dói...ai tentando nos esconder dentro de nós mesmos mais nos machucamos,por isso a melhor saida e pular a janela e seguir estrada.

Gabriel Leite disse...

Por quê será que a dor nos inspira tanto?

Hoje foi a primeira vez que visitei o seu blog, e gostei de muita coisa que vi aqui. Voltarei.

Beatrix disse...

A dor corroi e a tentativa de nos esconder dela só faz aumentar ov azio,o buraco que sentimos dentro de nós...

;*

Francisco Jamess disse...

angústia, és uma boa inspiração.
angústia, é essa sua única graça.
angústia, peço-te uma única gentileza:
sê gentil com outro.

inspirador. obrigado por isso rs.

o/