Ah saudade...

domingo, 1 de março de 2009

Ah saudade,

você chega de repente e me deixa assim,

quieta pelos cantos,

a recordar tão bons momentos,

tão lindos planos.


Saudade,

tão incontrolável você é,

quando vem acerte em cheio,

naquelas feridas que há muito eu venho tentando curar.


Ah saudade,

de jeito nenhum te culpo por essas dores que sinto,

mas parece que você sempre tenta intensamente,

manter viva as minhas dores.


Minha saudade,

já que chegou fique,

abra de vez minhas feridas,

e me faça recordar.

4 comentários:

Sammyra Santana disse...

saudade é um negócio complicado que dói e faz lágrima sair do olho...
Feliz hj pra tu!
Beijo bem grande!

Beatrix disse...

Saudade. sentimento tão confuso,que agente nucna sabe se é bom ou não ter ele por perto..=x

Su disse...

hummmm... saudade... significa que o que passou foi bom ne´!

Bjosss!!!

Click disse...

Ei, obrigado pela visita no meu blog. Fico realmente feliz (e, obviamente bobo) quando alguém aparece do nada e me faz uma gentileza daquele porte. Me deixa absolutamente feliz e principalmente motivado (ainda mais) ao apelo poético. Obrigado.

P.S.: Aliás, sabe que me fez lembrar que a palavra poesia tem raízes no verbo grego poiein, que significa exatamente o trazer do não-ser para o ser?! Me fez lembrar disso porque é mais ou menos assim que você apareceu; de forma poética. Olha que onda, hein! :p